Ouça essa notícia:

ESET dá dicas de como evitar riscos no uso de aplicativos para mensagens instantâneas em smartphones by Tpaudio on Mixcloud

A popularização dos aplicativos para mensagens instantâneas pelo smartphone tem motivado o aumento de ataques a esse tipo de plataforma. Com base nisso, os especialistas do Laboratório de Pesquisa da ESET América Latina prepararam uma série de dicas que podem ajudar os usuários a evitarem os ataques a esse tipo de plataforma.

whatsapp-virus

Um dos principais alvos dos cibercriminosos tem sido o serviço de mensagens instantâneas WhatsApp, que hoje soma cerca de 400 milhões de usuários por mês, dos quais 100 milhões ingressaram na plataforma nos últimos quatro meses. Entre exemplos de vulnerabilidades já identificadas no aplicativo, em outubro de 2013, estudantes da Universidade de Utrecht (Holanda) detectaram que as mensagens trocadas por esse tipo de plataforma poderiam ser facilmente interceptadas. Além disso, foram descobertas outras falhas que permitiam alterar o status dos usuários e roubar as senhas de acesso.

“Muitas dessas falhas de segurança são decorrentes de vulnerabilidades do próprio aplicativo e a solução para o problema depende exclusivamente do desenvolvedor”, afirma Raphael Labaca Castro – Coordenador de Awareness & Research da ESET América Latina. “De qualquer forma, os usuários podem tomar alguns cuidados para proteger as informações quando utilizam esse tipo de plataforma”, complementa.

A seguir, os especialistas da ESET destacam cinco cuidados que os usuários de mensagens instantâneas em smartphones devem tomar quando utilizam esse tipo de serviço:

  1. Procure se conectar a uma rede Wi-Fi com senha e autenticação segura (WPA2) ou de 3G, que tendem a ser menos vulneráveis a ataques;
  2. Leia todos os contratos de utilização dos aplicativos de terceiros que serão instalados no dispositivo móvel. Atualmente, diversas aplicações exigem muitas permissões e até mesmo acesso às informações pessoais dos usuários;
  3. Evite o uso de aplicativos que ofereçam características pouco comuns, pois podem tratar-se de ataques que irão roubar as informações do usuário;
  4. Faça o download de aplicativos confiáveis e de uma loja oficial
  5. Instale uma solução de segurança da informação específica para dispositivos móveis.
Sobre a ESET:

 Fundada em 1992, a ESET é uma fornecedora global de soluções de segurança que provê proteção de última geração contra ameaças virtuais. A empresa está sediada na cidade de Bratislava (Eslováquia), com centros de distribuição regionais em San Diego (Estados Unidos), Buenos Aires (Argentina) e Singapura, e com escritórios em São Paulo (Brasil), Cidade do México (México), Praga (República Chega) e Jena (Alemanha). A ESET conta ainda com Centros de Pesquisa em nove países e uma ampla rede de parceiros em mais de 180 localidades.

Desde 2004, a ESET opera na América Latina, a partir de Buenos Aires, onde conta com uma equipe de profissionais capacitados a responder às demandas do mercado local de forma rápida e eficiente, a partir de um Laboratório de Pesquisa focado na investigação e descoberta proativa de várias ameaças virtuais.

Além de seu produto mais conhecido, o ESET NOD32 Antivírus, desde 2007, a ESET oferece o ESET Smart Security, uma solução unificada que utiliza a multipremiada proteção proativa. As soluções ESET oferecem aos clientes corporativos o maior retorno sobre investimento (ROI) da indústria, ao garantir uma alta taxa de produtividade, velocidade de exploração e um uso mínimo de recursos.

Para mais informações, acesse o site www.eset.com.br, o blog http://blogs.eset.com.br/laboratorio/, ou acompanhe a ESET nas redes sociais: https://www.facebook.com/EsetBrasil e https://twitter.com/eset_brasil 

 

Está gostando do conteúdo?

Está gostando do conteúdo?

Se sua resposta foi sim, toca aqui 0e cadastre seu e-mail aqui em baixo. Mandaremos novidades do TP Blog diretamente em seu e-mail para que você nunca perca nossos melhores conteúdos. Garanto que não vamos incomodar.

Basta ir em seu e-mail e confirmar a inscrição (Dica: Olhe no SPAM, vai que....)

Pular para a barra de ferramentas